Páginas

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Fórum Internacional de Gestão Estratégia e Inovação

Neste mês de setembro, Natal sediará o Fórum Internacional de Gestão Estratégia e Inovação e o local escolhido para o evento é o Centro de Convenções, situado na Via Costeira.
Hoje a Tribuna do Norte divulgou que no último dia 20 de agosto o Ministério Público, a Secretaria de Turismo (setur) e a Cooperativa do Desenvolvimento da Atividade Hoteleira e Turística [Coohotur - muito prazer, nunca ouvi falar de você...], assinaram um TAC [Termo de Ajustamento de Conduta] para que o nosso pobre coitado Centro de Convenções torne-se acessível a pessoas com deficiência ou como gostam de chamar hoje, portadoras de necessidades especiais.
Bom, o que vejo disso? O Fórum realmente trará nomes como Ozires Silva e Carlos Júlio, além dos estrangeiros Lyn Heward e Rhandy Di Stéfano, que indiscutivelmente são nomes fortes na área de gestão, estratégia e inovação. O ponto que quero chegar é Natal tem capacidade para um evento desse porte? Resposta: SIM, o evento terá duração de apenas um dia, então dá! Mas se o evento entrasse para o fim de semana, não dava! Natal não tem condições de receber um evento de maior porte, restaurantes lotados, engarrafamento e outros contratempos aconteceriam, tudo dentro do normal.
E o nosso Centro de Convenções, acostumado a receber feiras como "Brasil mostra Brasil" super-desorganizadas, agora terá um evento de peso, mas que coisa não é? Nossos "cadeirantes" e "portadores de necessidades especiais" serão desprevilegiados dessa vez [ou sempre são]. Se você vai reformar o seu comércio é obrigado a alterar a "sua" calçada, coloca pedras especiais para cegos "enxergaram" melhor, faz rebaixamento da calçada para permitir que a cadeira de rodas desça ou suba... 
Mas é assim o governo nunca olha para o seu próprio umbigo. O TAC de última hora, talvez seja uma maneira de responder às críticas que virão de todos os lados, pois o evento já tem repercussão nacional e o local realmente precisa de reformas urgentes.
Quem sabe em 2012, ao final do prazo estipulado pelo TAC, nos estejamos preparados para outro evento desse porte.

A matéria da Tribuna está AQUI.

Nenhum comentário: