Páginas

quinta-feira, 22 de abril de 2010

CAMPANHA: POLÍTICO-MESÁRIO JÁ!!!

Olha só o que o Antonio Tabet idealizou:


E a campanha tentando convencer a população que ser mesário é legal?

Não. Não é. É um porre.

Se a Justiça Eleitoral precisa de mais de 1,6 milhão de mesários para premiar ou promover a classe política que aí está com mais quatro anos de dinheiro fácil, mordomia e impunidade através de eleições obrigatórias, o mais lógico seria escalá-los, certo?

Ora, além do presidente da república, dos 24 ministros, 8 secretarias e 6 órgãos com status de ministério, elegemos, contando por baixo, 27 governadores, 81 senadores, 513 deputados federais, mais de mil deputados estaduais, 5 mil e tantos prefeitos e mais de 51 mil vereadores. Ou seja, contando os quebrados, são quase 60 mil cargos.

Se considerarmos vices (ou suplentes), secretários, assessores e seguranças de cada um deles, teríamos, fácil, mais de 1 milhão de voluntariosos mesários dispostos a abrir mão de um dia de sol para manterem suas mamatas. E o melhor: seria uma ótima oportunidade para cobrar, ao vivo e em cores, daqueles que prometeram e não cumpriram.

É ou não é uma boa campanha?

Político mesário já!

PS – Acabei de me dar conta que a campanha seria um fracasso. Se dependêssemos desses caras para trabalhar nas eleições, nenhum pleito chegaria ao fim. Seja por incompetência, por falta de quórum ou roubo das urnas/canetas/blocos de papel/ mesmo.


Que tal aderirmos essa campanha??

Nenhum comentário: