Páginas

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

DIA MUNDIAL SEM CARNE


O Dia Mundial sem Carne é um evento internacional, promovido pela FARM (Farm Animal Reform Movement), e seu objetivo é mostrar para a população em geral que é possível viver de forma saudável e prazerosa sem fazer uso de alimentos de origem animal. E que esta opção oferece inúmeras vantagens, tanto para o indivíduo quanto para o planeta.
-
Em Natal, a ong Baobá realiza hoje, no calçadão do Alecrim, o Dia Mundial Sem Carne. o Evento acontece a partir das 9 horas da manhã. Na ocasião haverá distribuição de marmitas vegetarianas.
-
Além de Palestra sobre alimentação vegetariana, distribuição de mudas de Pau-brasil, Exibição de filmes ambientais, Mostra fotográfica, Distribuição de arroz integrar, Yoga – Paz e benefícios para saúde, Campanha Ônibus Elétrico Híbrido, Exposição de veículos elétricos.
-
Saúde
Quem não come carne corre menos riscos de sofrer distúrbios do coração, de contrair câncer (especialmente de cólon e do intestino) e de enfrentar problemas como obesidade, hipertensão e diabetes. E também fica livre das doenças diretamente relacionadas ao consumo da carne, tais como a salmonela, a toxoplasmose, a gripe do frango e a doença da vaca louca, que já fizeram milhares de vítimas no mundo todo.
-
Meio ambiente
Florestas inteiras são devastadas para darem lugar a pastos. A emissão de gás metano, expelido pelo gado bovino, é uma das principais causas de poluição do ar e da destruição da camada de ozônio. Além disso, a indústria da carne é a maior poluidora das águas e destruidora do solo. Essa devastação pode comprometer de maneira irreversível a sobrevivência das gerações futuras!
-
Fome mundial
A maior parte dos grãos e da soja produzidos hoje no planeta destina-se à produção de rações utilizadas na engorda dos animais de corte. Se estes grãos fossem usados diretamente na alimentação humana, haveria comida mais do que suficiente para todas pessoas do mundo. Parece utopia, mas não é: acabar com a fome é possível!
-
Respeito aos animais
Porcos, vacas, galinhas, perus, peixes, coelhos, cabritos... Todos estes animais, destinados majoritariamente ao abate, são sensíveis e inteligentes. Estudos científicos recentes comprovam: eles experimentam emoções como o medo e a angústia e sentem dor exatamente como nós, seres humanos. Ainda assim, todos os anos, a indústria da carne submete bilhões de animais a maus tratos, confinamento, manejo brutal e morte cruel.


A COMEMORAÇÃO SERÁ NA CHURRASCARIA SAL E BRASA...



Nenhum comentário: