Páginas

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

O RIO É LOGO ALÍ...



A encomenda que Ivaldo Filho trazia na bagagem não chegou à capital Potiguar por culpa da PRF. Numa fiscalização de rotina em Vitória da Conquista, um ônibus que saiu de São Paulo com destino à Natal, carregava uma mercadoria um pouco incomum: uma metralhadora de calibre .50, uma escopeta, duas pistolas, além de munição. (Natal é uma cidade pacata... anran...).

Já pensou essa metralhadora em cima de um prédio, nas proximidades da Romulado Galvão, metralhando o asfalto novinho que a Prefeitura acabou de racapear?

Bom foi mais ou menos isso que a CAERN acabou de fazer.

Cade aquela lei que diz que nenhum orgão pode mexer no asfalto antes de três anos de colocado?

Que absurdo!! Porra, o cara alegou que problemas acontecem e não tinha outra saída, a não ser rasgar o asfalto.

Mas é claro que problemas acontecem, ainda mais aqui, que não existe manutenção preventiva em porcaria nenhuma.

Tô put%¨#$¨¨&

3 comentários:

Anônimo disse...

O nome certo é RECAPEAR!!!

Carlos Augusto [Floyd] disse...

Correção feita, obrigado.

Carlos Augusto [Floyd] disse...

Spanish...