Páginas

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

FALAREMOS DE VIRGULA...

Recebi por email o texto abaixo, lembrei que poder servir como dica para os estagiários do DN on line e Tribuna:


  • Vírgula pode ser uma pausa... ou não:
Não, espere.
Não espere.
  • Ela pode sumir com seu dinheiro:
23,4.
2,34.
  • Pode ser autoritária:
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado.
  • Pode criar heróis:
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.
  • E vilões:
Esse, juiz, é corrupto.
Esse juiz é corrupto.
  • Ela pode ser a solução:
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.
  • A vírgula muda uma opinião:
Não queremos saber.
Não, queremos saber.
  • Uma vírgula muda tudo.
Associação Brasileira de Imprensa: 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação.

Detalhes Adicionais:
SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.

**Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER.
**Se você for homem, colocou a vírgula de pois de TEM.

Estou certo, não?
Estou certo não?




Um comentário:

Disraelly disse...

Cara, eu abuso das vírgulas nos meus textos...