Páginas

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

GRIPE CATÓLICA

Notícia: "Seguindo uma orientação sanitária, devemos evitar o toque durante a celebração". Com essas palavras, o padre Abelardo iniciou a missa na Catedral Metropolitana de Natal, ontem pela manhã. O conselho do vigário segue as recomendações do arcebispo Dom Matias Patrício de Macêdo que, na sexta-feira passada, encaminhou uma nota oficial aos padres e fiéis a respeito da nova gripe.

A Hóstia é entregue pelo padre Abelardo nas mãos dos participantes do ritual, em vez de colocada diretamente na boca, como é de costume.

Na nota, o arcebispo pede que as pessoas evitem dar as mãos durante a oração do Pai Nosso, omitam os cumprimentos de paz e recebam a hóstia nas mãos (em vez de o padre colocá-la diretamente na boca do fiel). Essas medidas, segundo o arcebispo, já vem sendo realizadas em diversos estados do país. "Não é nossa intenção criar pânico entre os fiéis, mas sim, alertá-los sobre as possíveis maneiras de propagação do vírus dessa nova gripe", declarou. (diário de natal, 03/08/2009)



Comentário: Só lembrando que estas 'regras' servem também para os padres, e mais: Coroinhas, o Padre não vai colocar diretamente na boca, tem que pegar com as mãos...

3 comentários:

Lisandra disse...

Puxa...a graça da missa era o abraço da paz! Quando eu era pequena, adorava esse momento porque era a hora em que eu acordava, sabendo que estava pertinho de ir pra casa :)

Por outro lado, nunca gostei dessa idéia de o padre colocar a hóstia diretamente na boca. Coisa estranha e sem noção :(

Lisandra disse...

PS: ia esquecendo. Com este post você está excomungado até a quinta geração!

Carlos Augusto [Floyd] disse...

Nunca fui fã de padre mesmo...

Ainda mais depois que em uma viagem para João Pessoa há uns 15 anos atrás flagramos um padre bem 'famoso' daqui de Natal em 'altos' amassos com uma qualquer...

Depois dessa cena, minha concepção sobre igreja mudou muito.